Relacionamento tóxico: Será que você está em um?

Vamos falar sobre relacionamento tóxico

Relacionamento tóxico: Será que você está em um?

É preciso cada dia mais abordar o assunto relacionamento tóxico, pois atualmente muitas pessoas vivem esse tipo de relacionamento, por se envolverem com alguém que causa mais danos do que benefícios dentro de uma relação. 

Um dos principais problemas nesse sentido é que o mal é uma parte da história que muitas vezes é mascarada por um pouco de coisas boas.

Dessa forma, muitas pessoas sequer sabem ainda que estão vivendo um relacionamento tóxico.

Tenho muito a falar com você sobre o tema. Quer saber mais? Então não deixe de ler o artigo até o final!

O que é um relacionamento tóxico?

Conforme dito anteriormente, um relacionamento tóxico nada mais é do que um tipo de relação que causa muitos danos à pessoa.

Por mais que o relacionamento possa iniciar de maneira bonita, saudável e feliz, pode ser que os acasos do percurso faça isso mudar de rota e o relacionamento se torne algo tóxico para o casal.

No geral, esse tipo de relação pode se agravar com o tempo e é esse um dos maiores cuidados que você precisa ter. 

Em alguns casos, por exemplo, há os relacionamentos nos quais as pessoas identificam rapidamente a toxicidade, mas tem também os que a vítima percebe o problema depois de muito tempo, quando a situação já está agravada.

E você, acha que está livre de acontecer casos do tipo contigo? Veja a seguir o que tenho a dizer a respeito.

Qualquer pessoa pode viver um relacionamento tóxico

Diversas vezes pensamos que o problema está distante de nós, entretanto fique sabendo que infelizmente não é bem assim.

Além disso, outra coisa importante é que muitas pessoas falam que nunca iriam deixar isso acontecer com elas, que acabariam logo com o relacionamento. Já ouviu alguém falar isso? 

No entanto, as coisas não funcionam dessa forma. Primeiramente, o problema pode acontecer com qualquer pessoa e, como se isso já não bastasse, não é nada fácil sair de um relacionamento desses.

Apesar dessas questões, a boa notícia é que a partir de agora irei te ensinar a como identificar um relacionamento tóxico, um dos primeiros passos para conseguir saber se está vivendo um e, assim, tentar se livrar o mais rápido possível. 

Sintomas de um relacionamento tóxico

Relacionamento tóxico: Será que você está em um?

O principal passo para identificar que está em uma relação tóxica é querer saber isso, porque na maioria das vezes as pessoas preferem seguir com a relação do que assumir que precisam sair dela.

Viver uma relação tóxica é como aceitar sofrer. É claro que não é nem um pouco fácil terminar uma relação, mas a primeira coisa que você precisa pensar é em si próprio.

Se você não se ama a ponto de não se querer bem, como pretende amar – de maneira saudável – outra pessoa?

Com base nisso, separei para você algumas dicas para que possa identificar se está ou não em um relacionamento tóxico. Está a fim de saber? Olha só:

  • O seu parceiro não está apoiando os seus planos de vida;
  • Ele pede para que você se afaste das amizades;
  • O relacionamento causa emoções ruins em você;
  • Ele é agressivo;
  • Coloca toda a culpa em você;
  • Faz ameaças constantes;
  • Tem ciúmes e sensação de possessividade.

E aí, analisou corretamente todos os tópicos de acordo com a sua relação? Se ainda não conseguiu identificar se está vivendo uma situação dessa, não precisa se preocupar.

Logo abaixo vou falar sobre as principais diferenças entre um relacionamento tóxico e um saudável. Acompanhe!

Diferenças básicas entre relacionamento tóxico e relacionamento saudável

Logo a seguir listei algumas características de relações saudáveis. Caso detecte as suas relações como contrárias, saiba: você está vivendo um relacionamento tóxico.

  • No relacionamento saudável ambos têm comando na relação;
  • O parceiro permite que você realize seus desejos de vida;
  • As redes sociais e os dispositivos móveis não são monitorados pelo outro a todo tempo;
  • É uma relação que permite diálogo aberto.

Dicas para evitar um relacionamento tóxico

Outro passo importante é evitar esse tipo de “dor de cabeça”. Levando isso em consideração, confira algumas maneiras simples de evitar se envolver em um relacionamento tóxico:

  • Curta a sua própria companhia;
  • Foque no que você merece e não aceite nada inferior;
  • Quando escolher um parceiro, veja o quanto ele é maleável;
  • Opte por um relacionamento respeitoso e não o contrário;
  • Não se esqueça de que a confiança precisa andar junto com a relação;
  • Queira alguém que dedique um certo tempo para você e para o relacionamento;
  • Escolha um parceiro que goste dos seus amigos e inclua você nas rodas de amizades dele;
  • Opte por alguém que tenha sintonia e conexão contigo;
  • Queira alguém que planeje um bom futuro para o casal.

Como terminar um relacionamento tóxico

Por fim, falarei sobre como terminar um relacionamento tóxico, afinal, ninguém merece passar por essa situação. Não há quem não conheça o ditado: antes só do que mal acompanhado. Pois então, pratique! 

Confira as melhores dicas de como se livrar de um relacionamento tóxico:

  • Persevere na sua escolha de sair do relacionamento que não está fazendo bem a você;
  • Tente não ficar lembrando dos momentos bons que viveram e mascarar os males causados a sua saúde emocional e física;
  • Comece a viver novos hábitos;
  • Pratique a autoestima;
  • Queira o melhor para você;
  • Escolha estar ao lado de pessoas que te dão valor e te querem bem;
  • Caso precise, não hesite em pedir ajuda a um bom psicólogo, ele saberá auxiliá-lo muito bem.

Com base em tudo o que disse a você, saiba identificar se está vivendo em um relacionamento tóxico, e se perceber que sim tente sair o quanto antes da relação, para o seu bem estar e saúde mental. 

Deixe um comentário