Varicocele: o que é? Como tratar?

Você já ouvir falar em Varicocele? O nome pode ser um pouco estranho, mas essa doença está presente em cerca de 15% da população masculina no mundo todo, sendo a principal causa de infertilidades nos homens. 

Varicocele: o que é? Como tratar?

A Varicocele é doença que afeta grande parte da população mundial. O problema aparece nos homens junto com a puberdade, aos 12 ou 13 anos idade, e requer o acompanhamento médico, com um urologista. 

Essa condição consiste, basicamente, na dilatação anormal dos vasos sanguíneos na região dos testículos, causando espécies de varizes na área do escroto.

A Varicocele faz com que o retorno de sangue na região seja disfuncional, o que piora a qualidade do sêmen e causa, por fim, a infertilidade. 

A dilatação anormal da região acontece, principalmente, após atividades físicas, onde o fluxo sanguíneo aumenta.

Embora seja uma das principais causas da infertilidade no homem, a doença não atrapalha, de nenhuma maneira, o desempenho sexual dos indivíduos.

As consequências da dilatação disfuncional estão relacionadas, em sua grande maioria, À qualidade do esperma, que torna-se pior devido ao problema. 

A Varicocele se desenvolve nos indivíduos durante a adolescência, fazendo com que, com o passar os anos, o homem se torne infértil devido à condição. 

No entanto, a Varicocele tem cura e pode ser tratada de forma simples por um urologista. Então, para saber como diagnosticar essa doença e também como tratá-la, continue lendo este artigo e saiba como essa condição afeta os homens.

Sintomas da Varicocele 

Por se tratar de uma condição que causa a dilatação anormal dos vasos, a Varicocele não possui muitos sintomas físicos que possam identificá-la de primeira. 

O diagnóstico da doença deve ser feito por um médico urologista, através de um exame minucioso, analisando a região escrotal e sua composição.

Assim, uma das principais características que podem ser encontradas é o volume menor do testículo do paciente, que assume aspectos amolecidos com a clara perda de células produtoras de espermatozoides. 

Além disso, a Varicocele possui três graus diferentes, que indicam a gravidade da doença, sendo eles: leve (I), moderado (II) e grave (III).

Em linhas gerais, os sintomas da Varicocele são percebidos pelo próprio paciente, ao notar dores e desconfortos na região dos testículos e flacidez anormal na região escrotal, principalmente do lado esquerdo. 

Como é feito o diagnóstico da Varicocele?

Como você pôde ver, existem alguns sintomas leves que indicam a aparição da Varicocele. No entanto, o diagnóstico final deve ser feito por um médico urologista, através do exame físico no paciente. 

Nesse caso, além de analisar a região do escroto, o médico pode perceber a flacidez do testículo e a grande quantidade de veias dilatadas na área, o que indica a Varicocele e, dependendo da situação, sua gravidade. 

Nesse contexto, ultrassonografias, ecografias e cintilografias podem ser solicitadas pelo urologista para confirmar a existência da doença por meio de imagens que auxiliam o diagnóstico. 

Dessa forma, uma vez verificada a Varicocele, o médico determinará qual o tipo de tratamento que deverá ser feito naquela situação. 

Tratamento da Varicocele

Existem algumas opções de tratamento para a Varicocele, passando por cirurgias corretivas ao uso de medicamentos e aparelhos auxiliares – isso tudo, é claro, dependendo de cada caso e situação. 

Para diagnósticos mais leves, de grau I ou II, é indicada a utilização de suspensórios escrotais, principalmente durante atividades físicas e que exigem muita movimentação. 

Além disso, medicamentos também ajudam a controlar os sintomas e aliviar os desconfortos causados pela Varicocele.

Já em casos mais graves, de grau III, é indicado o tratamento através da cirurgia corretiva – uma microcirurgia simples que garante a cura total da Varicocele.

Cirurgia de Varicocele

Quando comprovada a conexão entre a Varicocele e a infertilidade do paciente, por sua vez, a cirurgia torna-se necessária, pois as complicações da doença passam a afetar de forma grave a saúde do homem. 

Assim, o tratamento conta com um microcirurgia, feita sob anestesia peridural ou raquidiana, em que são executados dois pequenos cortes na região do púbis, a fim da realização de uma ligadura das veias afetadas pela Varicocele que causam as varizes do escroto. 

A operação é simples e pode ser feita em pouquíssimo tempo por um médico especializado. 

Varicocele pode atrapalhar a vida sexual?

Varicocele pode atrapalhar a vida sexual?

Um mito muito comum acerca da Varicocele é que a doença pode prejudicar o desempenho sexual do homem.

Por se tratar de uma condição encontrada na região pubiana, muitos pensam que a Varicocele atrapalha o vida sexual e o desempenho do paciente, no entanto isso não é verdade. 

A Varicocele não afeta a libido e muito menos causa disfunção erétil, pois a doença age apenas na dilatação dos vasos do escroto, não tendo relação com o desempenho sexual. 

No entanto, é importante ressaltar que a Varicocele causa a infertilidade, alterando a qualidade dos espermatozoides do homem. 

Apesar de parecer uma condição complicada, a Varicocele possui um tratamento viável. Então, não há com que se preocupar, pois é possível curá-la. 

Deixe um comentário